Em meio à tanta pressa do dia a dia, a busca constante em bater metas, no anelo de querer sempre render mais, nunca errar, acabamos esquecendo que o mais importante não é o destino mas apreciar e curtir a jornada. Meu desejo de ano-novo é que, em 2017, eu repense minha agenda e meu tempo…